Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Xica Margarida

06.05.20

...

Xica Margarida

Desconfinamento confinado #1

 

Olá pessoas!

Sei que esperaram ansiosamente por este dia e, cá estou. A espera é sempre bem recompensada.

Então isto é assim: agora que todos começam o seu desconfinamento, eu começo o meu confinamento. Portanto, estou em desconfinamento confinado. Apenas saio para passear o cão e ir buscar o homem ao trabalho (sim, vou de carro e ele não precisa de vir a pé, pobre do rapaz). Até me parece mais seguro ficar em casa agora que estão quase todos a começar a sair. 

Estarei por casa nos próximos tempos e com mais disponibilidade para vir aqui "botar faladura". Não é que vos interesse muito, eu sei. Mas cá estou. 

Comecei por encomendar máscaras online. Acabei com a pobreza de andar a comprar máscaras descartáveis a preços exurbitantes nos hipermercados locais e decidi investir em máscaras comunitárias certificadas. São laváveis e diz que protegem em cerca de 95%. Vamos a ver o que acontece. Mas até as receber não posso sair de casa. E só chegam daqui a seis dias. Também não preciso de sair de casa para nada. Já comprei mantimentos que era o mais importante. Tudo o resto pode esperar seis dias. 

E pronto, agora vou cozinhar muito e limpar também. Que alegria! Que glamour! É o que temos. 

Amanhã espero ter coisas mais importantes para vos contar. 

06.12.19

O telemóvel e eu

Xica Margarida

IMG_0574.PNG

E aquelas pessoas que têm no screensaver (ou lá como se diz o ecrã) do telemóvel a sua foto? Única e exclusivamente eles. Mais ninguém. Nem um pezinho da vizinha, nem uma mão da mãe. Nada. Apenas eles. Geralmente as suas caras. Ou uma foto sua num local exótico ou paradisíaco.

Eu no meu telemóvel. Quando vou ver as horas apareço eu, quando vou fazer uma chamada estou lá eu. OMG que terror. 

Eu tenho o meu cão, mas já tive as minhas sobrinhas, as várias delas. Agora foram destronadas. Lá está não tenho legitimidade para criticar quem põe a sua própria foto quando eu ponho o meu cão.

Terminei. 

28.11.19

Frango com alho francês e cenoura

Xica Margarida

frango cenoura alho frances.jpg

Colocas o alho francês e a cenoura ao lume só com um fio de azeite em lume brando. Tapas o tacho. Deixas amolecer. Junta o frango e temperas (sal, alho, pimenta, o que gostares para dar sabor). Tapas o tacho. Deixas cozinhar. Também coloquei cogumelos. Finalizas com molho de soja (aquele substituto das natas). 

Olha eu a dar receitas. Maravilha! 

25.11.19

O mix do ginásio e do telemóvel

Xica Margarida

iphone-410316_960_720.jpg

Eu tento andar no ginásio, a sério que tento. 

Agora percebi que a nova moda é ir para o ginásio com o telemóvel na mão. Ou seja, andar lá pelo ginásio de telemóvel. Confesso que achei tudo muito estranho. Depois percebi que os professores fazem treinos para nós acompanharmos numa aplicação. E essa aplicação manda-nos e explica-nos como fazer os exercícios. Ainda fiz isso duas vezes mas confesso que não é a minha cena.

Então uma gaja leva a toalha, a água, o seu peso em banhas e ainda tem que andar a transportar o telemóvel. Quando entro para uma máquina onde pouso isto tudo? Há máquinas que têm suporte para a garrafa de água e até já há passadeiras com suporte para o telemóvel. Mas, minhas pessoas queridas. Eu sou antiga. Não sou pessoa moderna. Não gosto de andar com o telemóvel colado à testa constantemente.

Resultado: deixei de fazer os treinos. Tenho ido poucas vezes ao ginásio. Desculpas para não ir é o que é. Também é verdade. Mas não me habituo a essa coisa de andar com o telemóvel atrás no ginásio. 

22.11.19

Eu continuo a dizer que o cão tem ciúmes do computador

Xica Margarida

Ora vejam: 

IMG_0884.JPG

Eu explico: eu estou sentada na mesa da cozinha com o computador em cima da mesa. Ele no chão pede insistentemente para vir para o colo. Não consigo escrever com ele no colo. Então coloquei uma cadeira ao lado da minha, ele subiu para lá e deitou-se no meu colo mas com a cabeça em cima da mesa a contemplar o computador. 

Eu continuo a dizer: ele tem ciúmes do computador. Na cabeça dele deve ser um inimigo dos sérios. Por isso tem que o manter controlado. E assim eu tento escrever nestas posições. A segurar o menino. 

Mais uma vez: malucos é o que é!

19.11.19

Arroz de tamboril com tudo

Xica Margarida

Arroz de tamboril com tudo.JPG

No outro dia fiz arroz de tamboril com tudo. Ficou bom. Quando digo com tudo refiro-me a colocar mais coisas do que é habitual nesta receita. Eu tenho esta mania de inventar. Às vezes corre bem. 

16.11.19

Os walkers dos hipermercados

Xica Margarida

Essa raça de pessoas que se passeia pelos hipermercados desta vida sem nada que fazer. Eles chegam aos hipermercados logo à hora de abertura. Porque? Não têm razão específica. Apenas não têm nada que fazer em casa ou preferem ir para os hipermercados chatear quem lá trabalha. Eles entram nos hipermercados de mãos nos bolsos e saem de mãos nos bolsos. De vez em quando lá fazem umas festas a dois ou três produtos que voltam a colocar nas prateleiras, mas raramente compram. E quando compram é o vinho para fazer a calda.

Eles mexem nos produtos (fazem as tais festas) mas não compram. Eles mudam o produto de sítio mas não querem saber. Eles passeiam-se pelos hipermercados porque podem. Porque em casa está frio, porque não há mais nada que fazer ou simplesmente para chatearem as pessoas. Eles são os walkers dos hipermercados.

Na série "Walking Dead" os walkers andam devagar sem destino e apenas com o propósito de se alimentarem. Os walkers dos hipermercados não têm propósito. Apenas andam sem destino por entre as prateleiras de fraldas para bébé ou pelos corredores de batatas fritas. Eles afagam o arroz, o azeite e a massa. Mas acabam sempre por não comprar nada. 

Eles vão almoçar a casa mas voltam da parte de tarde para mais uma caminhada. Algumas vezes interagem com os funcionários dos hipermercados. Outras vezes apenas caminham perdidos sem destino por entre as prateleiras de produtos de higiene ou pelo meio da peixaria a admirar o peixe quase fresco.

Eles caminham pelos hipermercados ao ritmo que a vida deles lhes permite. Ou seja, devagar. Os walkers dos hipermercados podem ser qualquer pessoa. Eles apenas querem passar tempo.

 

O texto poderia ser mais profundo mas deixo à consideração dos meus (agora seis) leitores assíduos tirarem conclusões.

12.11.19

Ciúmes do computador

Xica Margarida

O James tem ciúmes do computador. Está comprovado com várias experiências cientifícas.

Ele pode estar deitado onde quer que seja mas assim que eu pego no computador e o coloco no colo para escrever lá vem o James pedir colo. E se demoro muito ele deita-se em cima do computador. É como se tivesse a reivindicar um lugar que é dele e de mais ninguém. 

Neste momento o James está distraído com um brinquedo e, por isso, consigo estar com o computador no colo a escrever este post. Mas assim que ele se aperceber vou ter que escrever de lado. Pois o colo é dele. 

Cá está a prova!

IMG_0868.JPG

Malucos é o que é. Ele e eu.

08.11.19

Conversa de futebolista

Xica Margarida

Cá por casa ouve-se e vê-se muitas vezes futebol. Não é que eu queira mas como partilho a televisão com o homem tenho que aceder de vez em quando a alguns programas futebolísticos. O problema é que mal as pessoas começam a falar dizem sempre a mesma coisa. E eu pergunto: porque é que se continua a fazer entrevistas a jogadores de futebol? Já se sabe que o resultado é sempre o mesmo. 

Atentem!

Começamos pelos tiques: todos, mas todos coçam a orelha, o nariz, o pescoço ou o queixo quando falam. É no preciso momento em que começam a falar que começam a ter comichão. O que vale é só nestas partes do corpo. Se bem que, como as entrevistas geralmente só mostram a cara, eles bem que podem estar a coçar outras coisas e nós em casa não conseguimos ver. Mas pronto, primeiro tique: coçar alguma parte do corpo.

Depois todos olham para o horizonte em vez de olharem para o entrevistador. O olhar o horizonte tem alguma de intelectual, devem pensar eles. Assim, talvez o que vamos dizer faça mais algum sentido. Segundo tique: olhar o horizonte.

Finalmente, o cabelo. Essa grande montra dos jogadores de futebol. As horas passadas nos cabeleireiros da vida para terem aqueles cinco minutos de entrevista. Sem bem que agora também já há todo um arsenal para as sobrancelhas. Mas voltando ao cabelo: há os que o usam impecavelmente penteado com gel e os que preferem afagá-lo a cada duas palavras que dizem. Dizia eu que eles passavam horas nos cabeleireiros da vida, nada disso, os cabeleireiros da vida é que passam horas em casa deles porque estes meninos não põem os pés num salão. Não vá aparecer um fã com vontade de o abraçar. Terceiro tique: cabelo.

Depois dos tiques vamos aos discursos: invariavelmente dizem sempre o mesmo. Quer ganhem quer percam. Eles são ensinados na academia a dizer umas cinco frases e pronto. Depois disso dizem-lhes: vai para frente das câmaras que já te safas. Então é assim: o jogo foi muito difícil, o adversário estava bem organizado, fizemos tudo ao nosso alcance para a vitória, sabiamos que iamos encontrar dificuldades...

Ou seja, falam sem dizer nada. Sem esquecer que enquanto dizem isto coçam alguma parte do corpo, olha o horizonte e afagam o cabelo. Portanto, não podemos pedir mais. Certo?

05.11.19

Finalmente consegui andar mais de dois meses sem me preocupar com o cão

Xica Margarida

james olho novo.JPG

 

Depois de muito tempo a ser tratado por causa do olho e, como vocês (meus seis leitores assíduos) sabem, o James foi operado e tem um olho novo. Passou de Frankenstein para um novo James. Revigorado e com uma marca no olho. 

Para nós é só o James a que estamos habituados.

Hoje celebra o seu quinto aniversário. Depois de muitos problemas e de muita medicação sinto que tenho agora verdadeiramente um cão maluco e alegre. Ele sempre foi excelente mas nunca consegui desfrutar verdadeiramente. Havia sempre o medo de ele se partir a qualquer momento. A sua saúde frágil levava-nos a cuidados, por vezes, até exagerados. Mas só queríamos e queremos o melhor para ele. Ainda assim, parece-me que agora está melhor do que nunca. Conseguimos que deixasse muita da medicação que andava a fazer e isso trouxe-lhe muita qualidade de vida. Está mais ativo, mais brincalhão, com mais energia. Está um verdadeiro cão maluco.

Ele está comigo desde os dois meses e aos seis descobrimos que tinha uma doença genética. Comum na raça, mas que o iria acompanhar para toda a vida. A partir daí foi fazer tratamentos, pensar sempre na melhor forma de ele não ter dores e querer o melhor conforto para ele. Mas a certa altura os medicamentos já estavam a deixá-lo cada vez mais debilitado. Agora que está habituado à dor conseguimos tirar muita medicação, o que o torna mais ativo e melhor a sua saúde geral.

O olho dele, remendado, está excelente. Nunca mais teve problemas. Ou seja, temos aqui uma Fénix renascida das cinzas. Finalmente tenho um cão mais saudável.

 

Euzinha

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Também estou aqui

O que já lá vai

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D