Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Xica Margarida

01.02.19

Insónias são boas para a criatividade

Xica Margarida

Às vezes tenho insónias. Nada de muito grave, apenas uma dificuldade em adormecer. Nessas alturas gostava de ter a possibilidade de gravar os meus pensamentos. Ou seja, não com um gravador para onde ditasse, mas algo que me possibilitasse transcrever os meus pensamentos para depois os escrever. A questão é a seguinte: nestas alturas tenho ideias fenomenais e escrevo, ou melhor, construo textos na cabeça excelentes. Mesmo que pegue numa caneta e os escreva ou mesmo que anote no telemóvel a coisa já não sai igual. São alturas sem comparação. Algumas ideias ainda anoto, mas a construção dos textos é qualquer coisa que não consigo reproduzir mais tarde. 

Foi desta forma que nasceram muitos dos textos do blog. Ideias que fui tendo antes de adormecer. Ideias que anoto e que depois tento reproduzir fielmente como inicialmente as pensei. Mas tal como este texto, depois de escrever sai tudo diferente do que tinha pensado. 

Uma coisa curiosa que me aconteceu foi tomar nota de uma ideia e depois não perceber nada do que escrevi nem saber a que dizia respeito. A loucura. Só depois de muitos dias a olhar para a nota consegui chegar a metade da ideia. É mesmo de gente maluca. 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Xica Margarida 04.02.2019

    Vamos a tirar esses textos da gaveta!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Euzinha

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Também estou aqui

    O que já lá vai

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D

    Em destaque no SAPO Blogs
    pub